PF deflagra operação para investigar avião de Eduardo Campos

31/01/2017

Primeira Mão Notícias - foto divulgação

 

 

 

 

 

 

Operação Vórtex é um desdobramento da Turbulência, que foi deflagrada em junho de 2016

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (31) a Operação Vórtex, que investiga a compra do avião de Eduardo Campos. Ao todo, 30 agentes estão nas ruas de Recife, em Pernambuco, para cumprir 6 mandados de busca e 4 de condução coercitiva.

De acordo com informações do jornal O Globo, a PF analisou dados bancários das pessoas físicas e jurídicas que que estiveram no processo de compra da aeronave Cessna Citation de prefixo PR-AFA e notou que os valores transferidos foram feitos por uma empresa que tinha contratos milionários com o governo pernambucano.

Em nota, a PF comentou o caso. “Ao investigar mais a fundo a empresa remetente dos recursos, verificou-se que ela possui contratos milionários com o governo do Estado e que suas doações a campanhas políticas aumentaram de forma exponencial ao longo dos últimos anos, notadamente para o partido e candidatos apoiados pelo ex-governador do estado, Eduardo Campos”.

A Operação Vórtex, que significa o movimento de massas de ar em redemoinho que precede a turbulência, é um desdobramento da Operação Turbulência, que foi deflagrada em junho de 2016.

2017 - Todos os direitos reservados
PRIMEIRAMAONOTICIAS.COM.BR