PF deflagra operação contra quadrilha que fraudava IR

31/05/2017

Primeira Mão Notícias - fotoi divulgação

 

 

 

 

 

 

O prejuízo estimado aos cofres públicos pode superar R$ 12 milhões, segundo a Polícia Federal

A Polícia Federal e a Receita Federal deflagraram nesta terça-feira, 30, em Belo Horizonte operação contra quadrilha que fraudava declarações do Imposto de Renda (IR) para recebimento de restituições de pessoas físicas. O prejuízo estimado aos cofres públicos pode superar R$ 12 milhões, segundo a Polícia Federal.

A fraude ocorria com a inserção irregular, por contadores ligados a construtoras, de dados de parentes para o recebimento das restituições. Houve ainda participação de pelo menos uma auxiliar administrativa nas irregularidades. As investigações mostraram que a fraude ocorria desde 2011. A PF afirma que, a princípio, não há provas de que as empresas participavam do esquema.

A partir das investigações foi determinado ainda, pela justiça, bloqueio de contas e sequestro de imóveis "adquiridos com recursos ilícitos", segundo a corporação. Também foram apreendidos veículos, computadores e documentos. A operação foi batizada de Date a Cesare, uma referência à expressão "Dai a César o que é de César".

2017 - Todos os direitos reservados
PRIMEIRAMAONOTICIAS.COM.BR