Correios encerram oferta de serviços bancários por medo de assaltos

26/09/2017

Primeira Mão Notícias - foto de divulgação

 

 

 

 

 

Medida entra em vigor a partir de 11 de outubro

As gências dos Correios de todo o Brasil encerrarão a prestação de serviços bancários, até então feita pelo Banco Postal, a partir de 11 de outubro. O motivo, segundo o órgão, é a ocorrência cada vez maior de assaltos - em crise, a estatal alega não ter condições de arcar com os custos necessários para o aumento da segurança.

“Conforme amplamente divulgado, os Correios vêm passando por uma situação econômica que requer medidas urgentes para garantir sua sustentabilidade. Com o aumento das decisões judiciais que obrigam a empresa a adotar ações de segurança adicionais às previstas para correspondentes bancários, os Correios se veem obrigados a interromper os serviços do Banco Postal em algumas agências, uma vez que os altos custos os tornam inviáveis”, diz nota dos Correios enviada ao jornal A Gazeta do Povo.

O Banco Postal presta serviços essenciais, principalmente, para cidades de pequeno porte. Entre eles, pagamentos de contas e do INSS, abertura de contas bancárias e empréstimos.

2017 - Todos os direitos reservados
PRIMEIRAMAONOTICIAS.COM.BR