Caixa libera crédito imobiliário barrado por exigir entrada elevada

07/11/2017

Primeira Mão Notícias - foto divulgação

 

 

 

 

 

 

Banco havia anunciado na última semana que clientes teriam que dar uma entrada maior para conseguir o crédito

Caixa Econômica Federal vai liberar todas as propostas de crédito habitacional aprovadas, que foram barradas à espera de recursos, antes que fosse exigido um aumento na entrada de imóveis usados - que subiu de 30% para 50%. Segundo o banco, a medida será concluida até 30 de novembro.

De acordo com o G1, a Caixa anunciou na última semana que clientes teriam que dar uma entrada maior para conseguir o crédito, caso não tivessem assinado o contrato de financiamento até o dia 25 do último mês.

Já nesta segunda-feira (6), Nelson de Souza, vice-presidente da Habitação do banco a situação em que estas pessoas se encontravam como "lamentável" e afirmou ainda será válida a regra anterior para este tipo de financiamento - isto é, com entrada mínima de 30% do valor do imóvel usado.

"Vamos manter a regra anterior para quem teve o crédito aprovado antes da redução do teto para 50% em imóveis usados. Estamos garantindo as assinaturas dos contratos contanto que não haja questões restritivas ao crédito, como problemas na avaliação do imóvel", explicou.

2017 - Todos os direitos reservados
PRIMEIRAMAONOTICIAS.COM.BR