BAHIA: Bahia terá mais que dobro de feriadões em 2018

06/01/2018

Primeira Mão Notícias - foto divulgação

 

 

 

 

 

 

Os comerciantes da Bahia terão que ‘se virar nos 30’ depois da projeção de que em 2018 o faturamento será R$ 465 milhões menor para a categoria por conta da quantidade de feriadões. Estratégias já estão sendo desenvolvidas para aumentar as vendas – e o consumidor é quem pode acabar sendo beneficiado com um ano farto de promoções.A projeção é da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Bahia (Fecomércio-BA). De acordo com a entidade, a quantidade de feriadões de 2018 influenciará negativamente no faturamento de comerciantes varejistas do estado, que deixarão de ganhar quase meio bilhão durante os períodos. O valor corresponde a 0,7% de todo o varejo da Bahia. Para reagir ao número, as lojas já planejam ações para atrair o consumidor e, consequentemente, aumentar as vendas. Três estratégias já estão sendo utilizadas para estimular as lojas de rua: mais promoções, estímulo para que lojas abram durante os 16 dias de feriado, além da manutenção do auxílio de R$ 42,92 para lojistas que trabalharem nesses dias. A orientação é do Sindicato dos Lojistas (Sindlojas), que acredita que com as ações o impacto pode ser menor.“Não sabemos exatamente em quanto por cento a implantação dessa estratégia irá impactar, mas acredito que, com essas ações, a tendência é que o número não seja tão acentuado assim”, disse Paulo Motta, presidente do Sindlojas. Saiba mais no Correio*.

2018 - Todos os direitos reservados
PRIMEIRAMAONOTICIAS.COM.BR