BAHIA: Policiamento é reforçado na capital e interior durante os festejos juninos

23/06/2018

Primeira Mão Notícias - foto divulgação

 

 

 

 

 

 

A segurança da população baiana e de turistas terá reforço na semana dos festejos juninos. Durante a Operação São João 2018, a Polícia Militar da Bahia empregará 18.739 policiais em mais de 160 municípios. A ação representa um investimento de R$ 3 milhões, que serão aplicados em pagamento de horas extras dos policiais e outras despesas. A operação se estende até o fim de semana de comemoração do São Pedro. “Deslocamos efetivo para todas as partes do estado, já que mais de um terço da Bahia se mobiliza em diversos municípios para fazer o São João. São quase 19 mil policiais, que estarão presentes em cidades que têm a tradição forte de realização desses festejos e recebem um número considerável de público. Em Salvador, apesar de não ter uma tradição tão forte de festa junina, temos pontos específicos de grande concentração de pessoas, como Pelourinho e Paripe”, explica o porta-voz da PMBA, capitão Bruno Ramos. Em Salvador, o policiamento também está reforçado nas vias de acesso, nas estações de transbordo e nos terminais marítimos. Em Camaçari, destaque para a festa Camaforró, onde tropas especializadas vão apoiar o policiamento. O reforço dos policiais em regime de plantão alcança municípios que tradicionalmente recebem grande público, como Cruz das Almas, Amargosa, Santo Antônio de Jesus, Ibicuí, Senhor do Bonfim, entre outros. O capitão Bruno também destaca a manutenção, durante o período de festa, do policiamento dos municípios e bairros de Salvador que estão fora do circuito junino. As rondas e atendimento de ocorrências não sofrem alterações. “Nós mantemos o policiamento funcionando normalmente, pois incrementamos com esse investimento de mais de R$ 3 milhões. Haverá a remuneração em horas extras dos nossos policiais que estariam em seu horário de folga. Por isso, conseguimos manter o policiamento e, ainda assim, ampliar a presença ostensiva. A operação não deixa de atender as necessidades básicas dos diversos bairros e municípios”, esclarece. Na capital, o Pelourinho e o Farol da Barra, locais que recebem o público para assistir aos jogos da Copa do Mundo, estão contemplados no esquema especial de policiamento.

2018 - Todos os direitos reservados
PRIMEIRAMAONOTICIAS.COM.BR