Paulo Afonso: Novo decreto autoriza o funcionamento de salões de beleza, centros de estética e outros | Primeira Mão Notícias

Paulo Afonso: Novo decreto autoriza o funcionamento de salões de beleza, centros de estética e outros


20/05/2020 20:00:20

Primeira Mão Notícias - com informações e fotos www.pa4.com.br

 

Na edição desta quarta-feira (20), o Diário Oficial do Município traz uma nova publicação.  De acordo com o decreto número 5.787/2020, assinado pelo prefeito Luiz de Deus, o isolamento social se estende de 21 de maio a 4 de junho, com restrições de funcionamento de diversos estabelecimentos, como previsto nos documentos anteriores.

O texto traz ainda o novo horário para abertura do comércio, que passa a funcionar das 7h às 13h, obedecendo todas as medidas de higienização e cuidados determinadas.

Fica permitido ainda o funcionamento dos centros de estética, barbearia, cabeleireiros e salão de beleza, no horário das 13h às 18h, de segunda a sexta. Esses estabelecimentos somente poderão atender clientes/consumidores agendados previamente, com horário marcado e com intervalo mínimo de 25 minutos entre cada atendimento.

Será permitido também o funcionamento dos escritórios dos profissionais liberais e autônomos, no horário das 13h às 18h, de segunda a sexta-feira. Vale ressaltar ainda que estes profissionais deverão priorizar, sempre que possível, o atendimento não presencial dos clientes.

A partir do dia 27 de maio a Prefeitura de Paulo Afonso voltará ao seu funcionamento, permanecendo suspenso o atendimento ao público, com o funcionamento interno das secretarias, das 8h às 13h. Serão dispensados do exercício de suas funções todos os servidores públicos, independentemente da natureza do cargo ocupado, que se enquadrem no grupo de risco, conforme estabelecido pelo Ministério da Saúde.

Fica determinado que a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) disciplinará por ato próprio o expediente interno e externo à população.
O Centro de Atendimento ao Cidadão (CAC) também funciona a partir de 27 de maio, com horário das 9h às 12h, com a obrigatoriedade da utilização da máscara de proteção facial. O acesso ao CAC será limitado a quatro pessoas por vez.

O documento enfatiza ainda que continua a obrigatoriedade do uso da máscara para quem tiver necessidade de sair.

© Primeira Mão Notícias - 2019 Todos os direitos reservados